COPA DO BRASIL

Luta por bilheteria

Em partida adiada, Fortaleza enfrenta o Imperatriz para avançar e encarar o Flamengo já na próxima semana

Motivado pela classificação para as finais do Campeonato Cearense contra o Uniclinic, o Fortaleza enfrenta o Imperatriz/MA, hoje, às 20h, na Arena Castelão, quando tentará avançar à segunda fase da competição.

Como empatou o primeiro jogo por 1 a 1, o Leão precisará de um simples 0 a 0 para se classificar, mas a meta do técnico Marquinhos Santos é coroar a atuação com uma vitória convincente sobre o time maranhense.

Todos no Pici sonham com essa classificação, pois o vencedor do confronto de hoje terá o direito de enfrentar o Flamengo, que já aguarda o resultado de hoje, para jogos nos dias 4 e 18 de maio. Por isso, a motivação é grande entre os tricolores.

O Leão do Pici precisará também melhorar a imagem que ficou do seu último jogo, pela semifinal do Campeonato Cearense, quando empatou por 4 a 4 com o Guarany de Sobral, numa atuação que deixou a torcida preocupada para futuras decisões como a de hoje.

Padrão de jogo

Indagado se iria jogar pelo regulamento, o técnico do Tricolor, Marquinhos Santos, disse que sua equipe vai atuar da mesma forma que vem jogando. "O Fortaleza tem um padrão de jogo, no qual busca o gol e deseja sempre estar à frente do placar", explicou o comandante tricolor.

O treinador lamentou apenas que o adiamento do jogo deixou sua equipe com pouco tempo de repouso para o primeiro jogo da decisão do Estadual, que será domingo, às 16 horas, no PV, contra o Uniclinic.

"A Federação poderia ter encontrado outras datas, já que ela é uma instituição que briga também pela qualidade dos espetáculos. Com os jogos com pouco tempo de um para o outro e decisivos, a tendência é atrapalhar o rendimento do Fortaleza", queixou-se o técnico leonino.

Marquinhos tem apenas uma dúvida para definir o time, pois o atacante Juninho, que viajou a Goiânia, passou dois dias sem treinar. O volante Corrêa e o zagueiro Elivelton são as novidades da relação.

Desfalques

O técnico Sandow Fecques é o quarto da temporada no Cavalo de Aço. Ele não terá o volante Thiago Bonfim, o meia Danilo, o atacante Wegno e o zagueiro Guilheme, que não viajaram. (Diário do Nordeste)