EXPOSIÇÃO

Anatomia desvendada

Vista por mais de 20 milhões de pessoas em mais de 11 países, composta por 143 corpos reais inteiros e 153 órgãos, a mostra "O Fantástico Corpo Humano" chega hoje ao Shopping RioMar, em Fortaleza

Ligada à ciência e ao aprendizado, a mostra "O Fantástico Corpo Humano" fascina diferentes públicos há mais de 15 anos. Tendo já passado por vários países da Europa, Estados Unidos e América Latina, desembarcou no Brasil há alguns meses, aterrissando pela segunda vez em Fortaleza, a partir de hoje.

Exibida em galerias, são 900 m² divididos didaticamente pelos sistemas do corpo humano: esquelético, muscular, nervoso, respiratório, digestivo, cardiovascular, circulatório e reprodutivo, além de possuir um ambiente reservado para exibir a vida fetal e a medicina moderna.

Uma curiosidade da exposição é a frequente comparação entre órgãos saudáveis e doentes (são ressaltadas as consequências do câncer de mama e cólon, da cirrose hepática e osteoporose), algo particularmente impactante no caso dos pulmões (um normal e outro de um fumante), além de ambiente que exibe a vida fetal e a medicina moderna.

A técnica usada para preservar os corpos chama-se de "plastinação", que substitui toda água e gordura dos corpos por polímeros plásticos. Dessa forma, os corpos não cheiram e nem se decompõem, e até retêm a maioria de suas propriedades originais.

"Eles não estão protegidos por nada. Os visitantes poderão observar todos os detalhes sem nenhuma barreira. Já os órgãos estarão dispostos em vitrines devido ao tamanho e delicadeza. Vale lembrar que todas as peças são de corpos de verdade. Apenas os olhos são de acrílico", diz Ruth Carvalho, responsável pelo gerenciamento da mostra.

A exposição conta com preços especiais para grupos de pessoas e Projeto Escola (para equipes de colégios com, no mínimo, 30 integrantes). "Junto com todo o material exposto há fichas com detalhes e também o apoio de monitores com formação em diferentes áreas da saúde. Os estudantes, além do público em geral, saem da mostra impressionados com o que apreendem e dotados de maior compreensão sobre o funcionamento do corpo humano", comenta Ruth.

Vindos da China

Como a técnica usada para preservar e realçar os detalhes dos órgãos e corpos é proibida em quase todo o mundo, os defuntos da exposição são provenientes da China, onde a técnica da plastinação é permitida. Os mortos são doados pela própria família para a exposição ou indigentes não identificados doados pelo governo.

Criado no ano de 1977 pelo artista e cientista alemão Gunther von Hagens, o procedimento embalsama, disseca o cadáver e retira os líquidos e gorduras corporais, para, em seguida, substitui-los por resinas elásticas e coloridas de silicone (ou outro polímero). Comparado por especialistas à fossilização mineral, o processo tem a capacidade de manter os corpos inodoros e bem conservados. (Diário do Nordeste)

Mais informações

O Fantástico Corpo Humano

A partir de 18 de Maio.

No Shopping RioMar. Piso L1, em frente à Praça de Eventos 1 (Rua Des. Lauro Nogueira, 1500, Papicu).

De segunda a sábado, das 14h às 21h; e domingos e feriados, das 12h às 19h. De segunda a sexta: R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira). Sábado, domingo e feriado: R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira). Projeto Escola: R$ 15 (por pessoa : venda de ingressos especiais para grupos de no mínimo 30 pessoas). (85) 4141.2030.