RICO

8 hábitos que podem estar impedindo você de ficar rico

SÃO PAULO – Embora o segredo para ficar rico rapidamente ainda não tenha sido revelado, o autor Thomas C. Corley pode ter se aproximado dessa resposta: após estudar a vida de pessoas ricas, com uma renda anual maior que US$ 160 mil, e de pessoas com renda menor, de US$ 35 mil, ele chegou à conclusão de que alguns hábitos diários impedem que as pessoas atinjam certo nível de riqueza.

Depois de descobrir quais são esses hábitos prejudiciais, ele os dividiu de acordo com a tendência de cada grupo – os hábitos de pessoas ricas e o de pessoas com menos dinheiro.

Saiba quais são esses hábitos que podem prejudicar no processo de construção da riqueza, segundo afirmou o autor ao Business Insider:

1. Jogos de azar
"Ficar rico rapidamente é algo que não existe. O sucesso financeiro leva tempo, precisa de iniciativas, e requer um esforço incansável. Aqueles que apostam dinheiro nesses jogos estão iludidos ao pensar que existe um atalho para o sucesso", disse Corley.

52% das pessoas com renda menor que participaram do estudo apostaram em algum esporte ao menos uma vez na vida. Do mesmo grupo, 77% das pessoas jogavam na loteria semanalmente.

Por outro lado, 84% das pessoas ricas não apostavam em esportes e nem jogavam na loteria.

2. Andar com pessoas "tóxicas"
Do grupo de pessoas ricas, 86% criaram o hábito de andar com pessoas com uma mente voltada para o sucesso. "Eles também apontaram limitar sua exposição a pessoas negativas", disse o autor.


Por outro lado, apenas 40% das pessoas com renda mais baixa do estudo se associavam com pessoas positivas, enquanto o restante tinha maior convivência de pessoas negativas.

3. Pensamento negativo
A maioria das pessoas é completamente desatenta a seus pensamentos, sejam eles positivos ou negativos. "Se você parar para ouvir seus pensamentos, prestar atenção a eles, você vai descobrir que a maioria deles é negativa. Mas você só percebe que está tendo esses pensamentos quando você se força a estar alerta a eles", explicou Corley.

4. Procrastinação
A procrastinação "previne que até os indivíduos mais talentosos consigam ser bem sucedidos", disse o autor. "Isso prejudica sua credibilidade com as empresas e alguns colegas no trabalho. Também afeta a qualidade de seu trabalho, que, por sua vez, afeta o negócio que você recebe de seus clientes e os relacionamentos corporativos", explicou o autor.

5. Evitar críticas
Segundo Corley, uma das razões pelas quais não buscamos retorno das outras pessoas é o medo da crítica. Receber feedback, entretanto, é essencial para aprender o que está funcionando e o que não está – ele te ajuda a entender se está no caminho certo. "Buscar criticismo, seja ele bom ou ruim, é um elemento crucial para aprender e crescer", completou.

Outra vantagem disso é que permite que você mude de curso e experimente um novo negócio ou carreira.

6. Gastar mais do que devia
Este, com certeza, é um aspecto que vai te levar ao estresse financeiro. "99% das pessoas pobres que participaram de meu estudo não economizam e a maioria delas acumula dívidas para subsidiar seu padrão de vida", o autor escreveu. "Consequentemente, eles não têm dinheiro para a aposentadoria, para pagar a faculdade de seus filhos ou buscar oportunidades que lhes apresentar", finalizou.

Esses hábitos criam uma pobreza a longo termo, cujas esperanças de escape não existem.

7. Se prender a um emprego que você odeia
Além de te deixar estressado e insatisfeito com a vida que leva, isso também pode afetar suas chances de ficar rico.

As pessoas mais ricas e mais bem sucedidas buscam suas paixões. Essas paixões superam educação, inteligência, novas habilidades e, segundo o autor, qualquer outra vantagem que aqueles que não têm paixão podem ter na vida.

"Uma paixão faz o trabalho ficar mais divertido. Ela te dá mais energia, persistência e o foco necessário para superar seus erros, falhas e rejeição. Ela te infunde com uma tenacidade que torna possível superar obstáculos e desafios que bloqueiam seu caminho", explicou Corley.

8. Se prender a sua zona de conforto
"Nós desejamos tanto nos misturar, nos adaptar à sociedade, ser parte do rebanho, que faríamos qualquer coisa para evitar ficar de fora da multidão", disse o autor da pesquisa. Ainda assim, falhar ao se separar da multidão é o motivo pelo qual a maioria das pessoas nunca atinge o sucesso. "A busca pela riqueza pede que você tome riscos. A maioria não toma, e por isso a maioria não é rica".  (UOL)