A QUINTA

Daniela Mercury recusa convite para Secretaria Nacional de Cultura

O novo governo tenta emplacar uma gestora na secretaria para resolver as duas maiores críticas ao novo governo: a ausência de mulheres no primeiro escalão e a extinção do Ministério da Cultura

A cantora baiana Daniela Mercury recusou o convite da gestão do governo interino para assumir a Secretaria Nacional de Cultura. Com isso, ela se torna a quinta candidata sondada que negou a proposta.

As outras foram a atriz Bruna Lombardi, a jornalista Marília Gabriela, a antropóloga cearense Cláudia Leitão e a consultora de projetos culturais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Eliane Costa.

Daniela Mercury foi procurada pela senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), segundo a colunista Mônica Bergamo. O convite teria ocorrido no início desta semana.

O novo governo tenta emplacar uma gestora na secretaria para resolver as duas maiores críticas ao novo governo: a ausência de mulheres no primeiro escalão e a extinção do Ministério da Cultura.  (Diário do Nordeste)