OLHO DE OURO

Documentário brasileiro 'Cinema Novo' é premiado em Cannes

O filme foi exibido na seleção oficial do evento, dentro de uma mostra chamada Cannes Classic, e foi premiado com o Olho de Ouro, voltado exclusivamente para documentários.

"Cinema Novo", documentário do diretor Eryk Rocha sobre o movimento cinematográfico brasileiro que irrompeu nos anos 1960, ganhou o prêmio Olho de Ouro no Festival de Cannes. O filme foi exibido na seleção oficial do evento, mas fora da competição, dentro de uma mostra chamada Cannes Classic. O prêmio Olho de Ouro é voltado para documentários.

O longa faz uma colagem com cenas e depoimentos de grandes nomes do movimento, como Ruy Guerra, Nelson Pereira dos Santos, Cacá Diegues e Joaquim Pedro de Andrade. Eryk, aliás, é filho do maior nome do Cinema Novo: Glauber Rocha.

Antes da projeção do filme, na segunda (16), o diretor havia feito um discurso anti-impeachment, dizendo que o Brasil vive um "momento muito trágico e triste", com a "interrupção do processo democrático" no país. No dia seguinte, foi a vez do diretor Kleber Mendonça Filho, que tem "Aquarius" na competição, fazer o seu protesto contra o impeachment. (Diário do Nordeste)