SURFE

Medina voa, dá show com 'mortal para trás' e avança na etapa do Rio

Gabriel Medina está na terceira rodada da etapa do Rio de Janeiro do Mundial de surfe. Na manhã deste sábado, o brasileiro deu um show para passar pela repescagem, vencendo o compatriota Alex Ribeiro com somatória de 19,40, com direito a uma nota 10 e um 9,40.

O primeiro brasileiro campeão mundial no surfe levantou o público presente no Postinho, que voltou a receber a disputa neste sábado, com um show de manobras aéreas, sua especialidade. O delírio foi completo, porém, quando Medina acertou um backflip, um "mortal para trás".

Antes disso, o brasileiro já havia recebido uma nota alta, com um uma tentativa de giro completo. Em seguida, a manobra de difícil execução, girando para trás, não 
"Foi divertido. Agradeço a Deus pelas ondas. Não sei como consegui aquele backflip. Estou me sentindo bem. É bom estar em casa", disse Medina após a bateria, que o colocou na terceira rodada, que é eliminatória.

Outro que passou pela repescagem foi o atual campeão mundial, Adriano de Souza, o Mineirinho, que, na primeira bateria deste sábado, venceu o também brasileiro Bino Lopes, com somatória de 13 (6,33 + 6,67) contra apenas 4,96 do rival (3,83 + 1,13).

Já o atual líder do ranking e um dos favoritos ao título mundial em 2016, o australiano Matt Wilkinson não teve a mesma sorte do últimos campeões e acabou eliminado. O dono da camisa amarela no Rio foi surpreendido pelo brasileiro Deivid Silva, que virou a bateria na última onda, somando 14,73 (6,43 + 8,30) contra 14,50 (7,67 + 6,83).  (UOL)