BELO HORIZONTE

Bares politizados de direita e esquerda trazem cardápios variados de coxinhas e mortadelas

Com o objetivo de atrair os consumidores não só pelo paladar, mas pela afinidade ideológica, o "O Destro Bar" e o "Oca Livre" chegam como uma novidade de lazer para o público da capital mineira

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Publicação do "bar de direita" nas redes sociais. Perspectiva liberal

elo Horizonte irá ganhar, nas próximas semanas, dois novos pontos de encontro. A novidade, porém, abrange um novo conceito: a ideologia política. Com o objetivo de atrair os consumidores não só pelo paladar, mas pela afinidade ideológica, o "O Destro Bar" e o "Oca Livre" chegam como uma novidade de lazer para o público da capital mineira.

Contando com um cardápio variado de coxinhas e a marca própria de cerveja artesanal, "O Destro Bar" tem como principal proposta por um fim na "demonização" da extrema-direita. Com o slogan "Não contém mimimi", a ideia surgiu através de um sonho de três amigos, que frisam que a intenção do local é trazer aos frequentadores conhecimento básico de pensamentos liberais.

O ambiente do estabelecimento será, predominantemente, com cores verde e amarela e contará com decoração de pôsteres e cartazes com frases de personalidades assumidamente de direita. "Sempre tivemos uma tendência muito forte à direita, por questões econômicas, sociais e culturais. Já vínhamos montando a ideia e só abrimos ano passado para evitar qualquer tipo de retaliação por conta da eleição", explicou um dos sócios do local, Gustavo Souza, ao jornal mineiro Hoje em Dia.

Já o "Oca Livre", que tem como objetivo reunir o público da esquerda, oferecerá ao consumidor, além do cardápio variado, debates e palestras. De acordo com Uri Cunha, um dos três proprietários, o estabelecimento "será um lugar democrático, aberto às causas mais diversas" e com a missão de desconstruir os conceitos conservadores.

Com a ideia de trazer uma releitura da mortadela, um dos apelidos dado aos esquerdistas, cardápio será servido em pratos de azulejo com frases de inclusão. Além disso, os banheiros serão unissex e identificados com nome da vereadora Marielle Franco (PSOL), morta no ano passado, e Anderson Gomes, motorista que conduzia a parlamentar no dia em que foi assassinada.

O "Destro Bar" está com inauguração prevista para este sábado, 30, enquanto o "Oca Livre" abrirá as portas ao público duas semanas depois, no dia 13 de abril, sábado.  (O Povo - é parceiro de oxereta.com)