LIVRO SOBRE RENATO RUSSO

Livro sobre Renato Russo está em campanha de financiamento coletivo

O livro "Renato, O Russo", escrito pela doutora em literatura brasileira Julliany Mucury, reflete sobre a produção poética do cantor e compositor Renato Russo

Ricardo Junqueira/ Legião Urbana Produções
Livro sobre Renato Russo será lançado pela Garota FM Books

O que faz alguém se tornar um poeta? Qual é o limite que diferencia um compositor de canções de um escritor de poemas? Em muitos casos, essa linha tênue quase não existe. E, com a música popular brasileira, em que as letras carregam uma importância poética, essa divisão se torna, por vezes, inexistente. A partir dessas reflexões, surge o livro “Renato, O Russo”, escrito pela doutora em literatura brasileira, Julliany Mucury.

A pesquisadora estava em um evento sobre Renato Russo (1960 - 1996) quando se deparou com o questionamento: “ele era um poeta?”. Com isso, encontrou o mote para o projeto de pesquisa de seu doutorado na Universidade de Brasilia (UNB). Mais de uma década depois, esse trabalho será publicado pela Garota FM Books.

“A pesquisa foi feita em cima de tudo que já foi publicado sobre ele, desde as biografias, livros sobre sua vida, os livros que são publicações a partir de seus escritos pessoais e também outros trabalhos acadêmicos. Estudei todas as letras de Renato e foquei em 29 de autoria exclusiva dele”, explica sobre a produção.

Segundo ela, a obra tenta compreender como Renato Manfriedini Júnior, o nome de nascença do artista, se tornou Renato Russo. “Vai desde o início de sua carreira até o fim dela, com sua morte, e abarcando não só as letras que ele compôs junto com Dado e Bonfá, mas as que escreveu sozinho. Isto desenha um projeto artístico que fica muito claro ao longo da leitura do meu livro”, afirma.

A publicação, que começa de uma parceria de Julliany com a proprietária da editora, Chris Fuscaldo, será feita no período em que marca os 25 anos da morte do cantor. Agora, está em processo de financiamento coletivo na plataforma Catarse.

A meta da campanha busca atingir R$ 35.000 nas próximas duas semanas. Os apoiadores podem escolher entre várias recompensas. Quem pagar, por exemplo, R$ 59 poderá receber o livro com entrega prevista para dezembro deste ano. Já quem financiar com R$ 79 ganhará a obra e a “Discobiografia Legionária”.

“Ainda falar sobre Renato, mesmo 25 anos depois de sua morte, é importante porque seu legado não se esgota. Cada novo olhar e perspectiva sobre seu trabalho revela algo novo - e isso atesta a riqueza do que ele deixou escrito e musicado. Temos de dar valor aos nossos músicos, às histórias deles e o que deixaram para a posteridade”, pontua a autora.

De acordo com ela, a juventude atual também escuta as canções do Legião Urbana. “As letras de canção do Renato ainda fazem sentido e conversam com os corações dos indivíduos porque suas questões ainda pulsam, são nossas”.

Para a pesquisadora, o artista conseguiu perceber o mundo à sua volta e as necessidades de sua época. “Renato soube ser cosmopolita, era antenado com seu tempo, compôs canções de protesto e de profundo entendimento da existência e das dores humanas”, completa.

“Já imaginou o que Renato estaria aprontando ainda hoje? Ele compôs ‘Faroeste Caboclo’ aos 19 anos! E se depois de ‘Tempestade’ tivéssemos mais? Ele queria compor óperas, queria fazer roteiros de filme, deixou uma peça de teatro... ele iria aprontar muito e incomodar bastante”, reflete. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)

Renato, O Russo
Onde: no Catarse
Mais informações: no site da Garota FM Books