ESQUEMA CRIMINOSO

Polícia investiga esquema criminoso envolvendo cooperativa que presta serviço ao Samu

Sete mandados de busca e apreensão são cumpridos em Fortaleza e Eusébio

A Polícia Civil cumpre, nesta quinta-feira, 30, sete mandados de busca e apreensão em operação que investiga esquema criminoso envolvendo a Cooperativa de Trabalho de Atendimento Pré-Hospitalar LTDA – COAPH, que presta serviço ao Samu.

Após auditoria feita pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), que contratou a empresa, foram encontrados indícios de favorecimento financeiro indevido a gestores e profissionais de saúde. Os mandados estão sendo cumpridos nas residências dos suspeitos em Fortaleza e no Eusébio.    

A operação, intitulada de Karkinos, reúne 50 policiais e tem o objetivo de investigar crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção ativa, corrupção passiva, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Por meio de nota, a Coaph informou que, às 6h foram surpreendidos com o procedimento de busca de apreensão na sede da Coaph Saúde, por meio da Polícia Civil. A cooperativa afirmou que esteve à disposição e auxiliando os integrantes da Justiça que coordenavam o caso. 

"Estamos à disposição da imprensa para falar sobre o assunto e reafirmamos nosso compromisso com a verdade dos fatos e reforçamos que as atividades são lícitas, não havendo quaisquer irregularidades a serem identificadas. Ressaltamos que acreditamos na importância da Polícia e do Poder Judiciário para apuração dos fatos", informa. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)