BENEFÍCIOS DO LEITE VEGETAL

Conheça os benefícios do leite vegetal para baixar o colesterol ruim

Por ser de origem vegetal, o produto é livre de colesterol trazendo benefícios para a saúde

Assessoria de imprensa
Conheça os benefícios do leite vegetal para baixar o colesterol ruim

Mesmo que você não tenha nenhuma restrição alimentar ou não seja adepto ao veganismo, pode gostar de saber que o leite vegetal contribui para o controle dos níveis de colesterol.

A nutricionista Alessandra Luglio explica que o consumo excessivo de gorduras saturadas e trans são um dos motivos para a alteração do colesterol ruim. “O colesterol é um tipo de gordura presente em alimentos de origem animal, como carnes, ovos, laticínios, além de produtos ultraprocessados como biscoitos, salgadinhos e comidas congeladas”, diz.

Entre as doenças relacionadas ao excesso de gordura no nosso organismo estão os problemas relacionados ao sistema cardiovascular, como insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral, hipertensão arterial, entupimento de veias e artérias e infarto.

A boa notícia é que adotar hábitos mais saudáveis pode ajudar na prevenção da patologia ao incluir na rotina uma alimentação mais equilibrada que priorize frutas, verduras e legumes, evitando alimentos gordurosos, com excesso de sal e açúcar, além de algum tipo de atividade física.

Para quem não gosta de grandes mudanças, o ideal é fazer substituições pontuais, como a troca do leite comum pelo vegetal. “Sem lactose ou colesterol, as bebidas vegetais trazem diversas vitaminas em sua composição, a exemplo do leite de castanhas. A bebida é rica em ômega-9 e gorduras saudáveis que atuam diretamente na saúde do coração, cérebro e na modulação da imunidade, além de auxiliar no funcionamento do intestino, no controle do apetite e no equilíbrio dos níveis de colesterol”, explica a nutricionista.

Entre seu pool de vitaminas e minerais, estão o manganês, magnésio, zinco, selênio, fósforo, potássio e algumas das importantes vitaminas do complexo B. Pelo fato da composição não ter nada de origem animal em sua composição, o produto apresenta baixo teor de gordura saturada e tem um índice glicêmico menor, sendo indicado, inclusive, para quem deseja diminuir alguns dígitos na balança.

Além de adicionar o leite vegetal ao cafezinho, a bebida é também uma boa alternativa para o preparo de receitas, vitaminas e smoothies. “Enquanto o leite de vaca varia apenas em relação ao teor de gordura e à presença de lactose, a categoria dos vegetais é vasta em sabores e nutrientes para atender quem deseja ter uma alimentação mais limpa”, lembra Alessandra.

A Tal da Castanha é um exemplo. A marca chegou há sete anos no mercado, quando a versão de soja era a única disponível para substituição da bebida tradicional. O seu primeiro lançamento foi o Original feito com apenas água e castanha de caju. Mas com tanta diversidade a dica é experimentar outras variações que incluem amêndoas, coco, cacau e castanha do Pará.

Como diferencial, as bebidas seguem os pilares da marca: ingredientes 100% vegetais, naturais e de rótulo limpo. Isso significa que elas são livres de gomas, conservantes, adição de açúcares, adoçantes, aromatizantes e espessantes.

Sobre A Tal da Castanha:

A Tal da Castanha é uma marca genuinamente brasileira que utiliza em sua composição apenas ingredientes de origem natural e vegetal. A marca combina excelência e inovação para trazer ao mercado brasileiro uma linha inédita de produtos que inclui bebidas vegetais, pastas e snacks. A filosofia da marca é pautada em pureza e simplicidade, quanto menos ingredientes, melhor. Líder no segmento, os produtos A Tal da Castanha são distribuídos nos melhores mercados do país. A Tal da Castanha é uma referência entre as marcas clean label do Brasil e faz parte da seleta lista de empresas B, um grupo global de organizações comprometidas com a geração de impacto positivo na sociedade e no meio ambiente.  (Assessoria de imprensa)