ELEIÇÕES 2022

Evandro Leitão retira pré-candidatura e declara apoio a Izolda

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará alegou que o fato decisivo para sua desistência deve-se a conversa com o prefeito de Sobra, Ivo Gomes (PDT), neste domingo, 17

Fabio Lima - O Povo
Evandro Leitão, presidente da Assembleia Legislativa do Estado, e Izolda Cela, governadora do Estado(

Em mais um lance da definição no PDT, o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Evandro Leitão (PDT), retirou a pré-candidatura a governador e declarou apoio oficialmente à reeleição da governadora Izolda Cela (PDT). Seguem na disputa, além de Izolda, o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e o deputado federal Mauro Filho. A decisão está prevista para esta tarde, às 17 horas, em reunião do diretório estadual do PDT Ceará.

Em publicação nas redes sociais, o presidente do Poder Legislativo estadual disse que tomou a decisão após conversar com o prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT) no domingo, 17, e ouvir dele sobre a conversa com o senador Cid Gomes (PDT) e a defesa feita, conforme Ivo, do apoio à reeleição da governadora. "Ouvi dele relato de conversa que teve com o irmão, nosso líder Cid Gomes, defendendo claramente o nome de Izolda Cela para representar nosso projeto como candidata, fato amplamente divulgado pela imprensa", escreveu Evandro.

A desistência de Evandro em favor de Izolda era esperada por apoiadores de Roberto Cláudio desde a semana passada. Em reunião na segunda-feira, 11, com as bancadas estadual e federal do PDT, o presidente da Assembleia se tornou alvo principal de cobranças.

Em nota, Evandro defendeu sempre ter atuado “para melhorar a qualidade de vida dos cearenses”. “Tenho orgulho da minha trajetória e do projeto político do qual participo. Sem dúvidas, conseguimos transformar o Ceará em um Estado referência para todo o Brasil nas mais diversas áreas”, escreveu. O deputado afirmou, inicialmente, ter colocado o nome à disposição do partido para “continuar o importante trabalho” do seu grupo político no Estado.

Logo depois, o parlamentar declarou ter repensado a pré-candidatura a partir do início da gestão Izolda, no cargo após a saída do ex-governador Camilo Santana (PT). Segundo ele, a governadora é a “a primeira mulher da história" e vem "atuando com firmeza, competência e com o legítimo direito à reeleição”. "Vendo a forma como ela passou a agregar apoios de partidos aliados e de diversos segmentos da sociedade, fundamentais para o fortalecimento do projeto", completa.

"Diante disso, anuncio agora a retirada de minha pré-candidatura ao Governo do Estado para me somar a um projeto em que acredito, um projeto em que defendo Izolda Cela governadora por mais quatro anos para avançar nas profundas transformações pelas quais passamos", enfatizou Evandro. 

Evandro Leitão já tinha dado declaração, em março, de que trabalhava pensando na reeleição como deputado estadual. Em abril, fez sinalização de apoio a Izolda: "Se Deus quiser, ao longo do seu mandato, nos nove meses e, se Deus quiser, mais quatro anos à frente do Governo do Estado do Ceará, possa ser repleto de sabedoria." (O Povo - é parceiro de oxereta.com)